12/07/2009

Mania de explicação

Photo: Arquivo pessoal.

Há dias em que nos faltam as palavras, caminhando por esses dias e recordando amigos que certas vezes disseram que me explico demais, passo a vez às palavras da Adriana Falcão e espero que cada leitor toque por aqui com as suas sensações! Tenham uma ótima semana! ;)


Mania de Explicação

Era uma vez uma menina que gostava de inventar uma explicação para cada coisa.

Ela achava o mundo do lado de fora um pouquinho complicado. “Se cada um simplificasse as coisas, o mundo podia ser mais fácil” ela pensava. Então tentava simplificar o mundo dentro da sua cabeça.

Existem vários jeitos de entender o mundo. Ela tentava explicar de um jeito que ele ficasse mais bonito.

“Essa menina pensa que é filósofa” as pessoas falavam.

FILÓSOFO é quem, em vez de ver televisão, prefere ficar pensando pensamentos.

De tanto que a menina explicava, as pessoas às vezes se irritavam (IRRITAÇÃO é um alarme de carro que dispara bem no meio do seu peito) e terminavam indo embora, deixando a menina lá, explicando, sozinha.

SOLIDÃO é uma ilha com saudade de barco. SAUDADE é quando o momento tenta fugir da lembrança pra acontecer de novo e não consegue. LEMBRANÇA é quando, mesmo sem autorização, o seu pensamento reapresenta um capítulo. AUTORIZAÇÃO é quando a coisa é tão importante que só dizer “eu deixo” é pouco. ANGÚSTIA é um nó muito apertado bem no meio do seu sossego. PREOCUPAÇÃO é uma cola que não deixa o que não aconteceu ainda sair do seu pensamento. AINDA é quando a vontade está no meio do caminho. CISMAR é quando o desejo quer aquilo apensar de tudo. DIFICULDADE é a parte que vem antes do sucesso. SUCESSO é quando você faz o que sabe fazer, só que todo mundo percebe. INDECISÃO é quando você sabe muito bem o que quer, mas acha que devia querer outra coisa. CERTEZA é quando a idéia cansa de procurar e pára. INTUIÇÃO é quando o seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido. ANSIEDADE é quando faltam cinco minutos sempre para o que quer que seja. SENTIMENTO é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado. RAIVA é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes. TRISTEZA é uma mão gigante que aperta o seu coração. ALEGRIA é um bloco de carnaval que não liga se não é fevereiro. AMIZADE é quando você não faz questão de você e se empresta pros outros. DESCULPA é uma frase que pretende ser um beijo. BEIJO é um carimbo que serve pra mostrar que a gente gosta daquilo. GOSTAR é quando acontece uma festa de aniversário no seu peito.

AMOR é um gostar que não diminui de um aniversário pro outro…Não. Amor é um exagero..Também não. É um desadoro. Uma batelada? Um enxame, um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego?

Talvez porque não tivesse sentido, talvez porque não houvesse explicação, esse negócio de amor ela não sabia explicar, a menina.

(Adriana Falcão, 1960)

15 comentários:

  1. Impressionante.
    Estas definições desta "tal" garota me lembrou Adriana Calcanhoto em sua fantástica música chamada "Oito Anos".
    Bem coisa de criança, mas com uma sabedoria tão... tão... simples!
    Como deve ser a uma criança

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto. "intuição", acho eu, foi uma das melhores definições. Meu coração dá pulinhos no futuro de vez em quando, hihihi

    Eu geralmente, me explico de menos.

    http://virandoocopo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho esse livro, ele é simplesmente lindo. Já vi umas cinco vezes esse texto no teatro de bonecos.
    Eu tenho mania de eexplicação e às vezes me esqueço que tem coisas que não se explica, apenas sente-se.

    ResponderExcluir
  5. Dependendo da situação, tem que se explicar e muito, mas algumas outras nem tanto.

    ResponderExcluir
  6. Eta que texto bom demais!!

    Ja vivenciei quase todas aquelas palavras, menos amor...que esse negocio para ser intenso viu, deve ser bom... rs

    Um beijo!!

    ResponderExcluir
  7. "AMOR é um gostar que não diminui de um aniversário pro outro…" Gostei da explicação, e, pra mim, parece ser suficiente. O resto é paixão.
    Ma sou do tipo que, quando ouve muita explicação, dispara o alarme. Aí, sai de perto. Ou melhor, cala.

    ResponderExcluir
  8. Achei muito interessante as eplicações que essa menina deu a cada palavra que esutava rss muito legal o texto, o amor é inexplicavél mesmo rss um abraço e boa semana bjs!!!

    ResponderExcluir
  9. Belissimo post, ótimo para refletir! ^^
    Quanto tempo que eu não vinha aqui, o blog ta com um visual novo hein ... adorei!

    :***
    Beijooos



    http://wanessalins.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. O texto é ótimo, tocante e reflexivo.
    Suas definições, muito legais, e se a gente simplificasse mais as coisas, com certeza o mundo serial algo mais facil..
    a deifinição de Amizade, Intuição, Triteza, Alegria e a indefinição de amor, foram as melhores.
    Parabéns.. :D

    http://semfronteiraas.blogspot.com/

    ;*

    ResponderExcluir
  11. O Tocou como sempre muito bom....não vou elogiar vc pq vc ja sabe do carinho q tenho por vc.....PARABÉNS....e a foto .... lindinha....hehehe

    ResponderExcluir
  12. Texto gracioso!

    Gostei especialmente sobre a "explicação" da menina a respeito do que é "sucesso".

    ResponderExcluir
  13. Genial fill someone in on and this enter helped me alot in my college assignement. Thanks you seeking your information.

    ResponderExcluir

¡Gracias por tu visita! Sua opinião é sempre bem vinda, espero que seja "tocado"! ;)

Ps: aviso aos preguiçosos... não sou 'tocada' por 'miguxices e propagandas sem a troca de opinião' = "parabéns, passa no meu agora". Se não leu não adianta comentar... Vc é a sua própria vitrine.